Responsabilidade Social

Desde 2011, o escritório apoia e incentiva o Instituto Cultural Grão de Areia, Organização Não Governamental localizada na Zona Norte de São Paulo, que se dedica ao ensino de música a crianças e jovens de 4 a 17 anos da rede pública de ensino. O sócio fundador do escritório, Celso Umberto Luchesi, foi o idealizador e organizador da ONG e desde então tem trabalhado intensamente com o intuito de promover a inclusão social de crianças e adolescentes por intermédio da música. Hoje a ONG atende cerca de 300 jovens e realiza diversas atividades como aulas de musicalização, de instrumentos musicais, coral e canto2.


Faça o download da apresentação para conhecer mais sobre o projeto.

Ou se preferir, pode seguir o projeto através das redes sociais.

 

 

O Projeto Cultivar+ é uma inciativa do escritório Luchesi Advogados que tem por objetivo proporcionar à sociedade serviços jurídicos de qualidade sob a modalidade “pro bono” em três frentes.  A primeira delas é a prestação de serviço jurídico gratuito para associações, fundações, institutos e outras organizações da sociedade civil que se dediquem a valores compartilhados pelo escritório. A segunda é o voluntariado, focado em Instituições Sociais, e a terceira é o patrocínio de medidas administrativas ou judiciais para pessoas físicas hipossuficientes, de modo a promover a proteção e a garantia de seus direitos.

 

Quais benefícios serão contemplados?

Serão oferecidos serviços relacionados a advocacia preventiva ou contenciosa das áreas cível em geral, família e consumidor.

Além disso, na área empresarial poderão ser executadas atividades de organização societária e contratual de Associações, Instituições e ONGS, dentre outras.

 

Quem pode ser beneficiado?

Pessoas jurídicas

Ser uma Instituição sem fins lucrativos devidamente constituída;

Ter no mínimo 1 (um) ano de atividade comprovada, exceto casos de constituição da instituição

A Instituição deverá defender uma causa que traga um retorno para a sociedade de forma geral, excluindo-se causas religiosas, discriminatórias, depreciativas, ilegais e/ou imorais.

 

Pessoas físicas

Qualquer pessoa física considerada hipossuficiente.

Entende-se por pessoas hipossuficientes aquelas em situação de vulnerabilidade com escassos recursos econômicos que podem, ainda, acumular outros marcadores sociais devidos à discriminação por raça, cor, cultura, idade, deficiência, orientação sexual e identidade de gênero.

 

Seleção dos beneficiados!

Aqueles que pretenderem se utilizar das atividades desenvolvidas pelo Projeto Cultivar+ deverão comprovar os requisitos para pleitear a assistência jurídica, preenchendo este formulário. A análise de aceitação do benefício será respondida com até 10 (dez) dias úteis.

 

Confira os Termos e Regras do Projeto.


Publicações Relacionadas


Notícia

A REGULAMENTAÇÃO DA CPR VERDE

leia mais >
Boletim Informativo

LGPD e Proteção de Dados | O Encarregado de Proteção de Dados e sua responsa ...

leia mais >
Imprensa

Mitigação da cláusula arbitral ante as dificuldades financeiras da massa falida

leia mais >
Imprensa

Recuperação judicial e premeditação ao distrato

leia mais >